riomar melo prosa e verso
Na vitória meus amigos me conhecem. Na derrota eu conheço meus amigos.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos


Versos a um rei

Meu rei eu hoje,imitando o baiano,
embora rei com o minúsculo vai,
pois com maiúsculo só o nosso Pai
que rege o palco do cenário humano.

Nas tuas músicas o tom soberano,
aprimoradas na minha alma cai,
como relíquia da mente não sai,
rejuvenescem sempre a cada ano.

Eternizadas na alma de um povo,
nos fins de ano ganham traje novo
pelas Globos da vida,e tudo mais,

Sempre embalando aquele que ama,
como a trilha sonora de seu drama,
chama que não se apaga em castiçais.


 
RIOMAR MELO
Enviado por RIOMAR MELO em 11/11/2019
Alterado em 11/11/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários